bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Sábado, das 9h às 14h.

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação empresa CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Tratamento do climatério e menopausa

Tratamento para menopausa ajuda a reduzir os incômodos do climatério. Menopausa é a última menstruação de uma mulher. No entanto, o termo é muitas vezes confundido com o período do climatério, quando ocorre redução da produção ovariana, diminuição hormonal, menstruação irregular e o surgimento das famosas ondas de calor repentinas, além de outros incômodos. O tratamento com ginecologista alivia os sintomas da menopausa durante o climatério e colabora para melhorar a qualidade de vida da mulher.

A terapia hormonal (TH) é a mais comum para reduzir problemas como seios doloridos, atrofia vaginal, incontinência urinária, cistite, cefaleias, enxaquecas, aumento de peso, ondas de calor irregulares, risco de doenças cardiovasculares e ainda sintomas psicológicos como irritabilidade, ansiedade e tristeza, todos em função do desequilíbrio hormonal. No entanto, o tratamento com TH pode gerar efeitos colaterais, o que geralmente ocasiona a procura por tratamentos alternativos com remédios à base de plantas, chamados de fitoterápicos. Existem ainda medicamentos que ajudam a reduzir as ondas de calor da menopausa e também tratamentos com laser para aliviar o ressecamento vaginal e demais problemas percebidos na região íntima.

desequilíbrio hormonal provoca ondas de calor e mal estar que podem ser aliviados com tratamento da menopausa

Estudo realizado pelo Hospital das Clínicas de São Paulo em seis mil mulheres com mais de 40 anos, durante 10 anos revelou que em média a menopausa ocorre por volta dos 48 anos e que dois terços das mulheres apresentavam ondas de calor. Em outra pesquisa, a Universidade de Pittsburgh apontou que as ondas de calor podem durar até 10 anos após a última menstruação.

Como reduzir os sintomas do climatério no tratamento para menopausa

Converse com seu médico. Se você tem entre 40 e 50 anos alterações no ciclo menstrual podem indicar o início do climatério. Para prevenir os sintomas antes e depois da menopausa a médica ginecologista fará o acompanhamento através de avaliação presencial, solicitação de exames e prescrição de remédios para tratamento da menopausa e climatério.

Visitas periódicas ao consultório favorecem também o tratamento de doenças derivadas da menopausa. É fundamental que a paciente evite fumar, controle o peso, pressão arterial e os níveis de colesterol para prevenir doenças cardiovasculares. Diabetes e distúrbios na tireoide também são comuns.

Exercícios físicos regulares como caminhada, corrida, musculação, natação ou pedalar ajudam a equilibrar o desequilíbrio hormonal. Se você não tem esse hábito, comece com caminhadas curtas de 20 mintuos em ritmo moderado duas vezes por semana e aumente a frequência e intensidade gradualmente.

Dieta balanceada facilita o controle do peso e diminui as ondas de calor. O ideal é que a alimentação da mulher no climatério e menopausa seja rica em cereais integrais, legumes, leite desnatado ou de soja, iogurte, queijo branco, frango, peixe, feijão de soja, tofu, linhaça, lentilha, frutas, grão de bico. Alimentos ricos em vitamina E também ajudam acontrolar os fogachos, saiba mais sobre dieta para menopausa.


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife