bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Sábado, das 9h às 14h.

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação empresa CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Dieta Low Carb

Propondo uma diminuição no consumo de carboidratos, a dieta low carb e suas variações se mostram eficientes como formas saudáveis de perder peso. Em hábitos “padrões” de alimentação, 50% a 60% do que é ingerido é representado por carboidratos, e a dieta propõe que essa quantia diminua para um valor entre 5% e 40%.

Esse método não recomenda que os carboidratos sejam completamente eliminados das refeições, mas sim que suas porções sejam reduzidas e que sejam consumidos preferencialmente aqueles que apresentam baixo índice glicêmico, como a batata doce, o arroz integral e a banana, pois neles o açúcar é absorvido pelo organismo em uma velocidade mais lenta, sem causar picos de glicose ou insulina. É indicada a ingestão de alimentos ricos em fibras, além de aumentar a quantidade de proteínas e gorduras, mas com cuidado.

Embora o consumo de gorduras nessa dieta seja maior, não há aumento dos níveis de colesterol LDL (conhecido como “colesterol ruim”) na maioria de seus praticantes, podendo ocorrer em uma minoria por outros fatores além da prática da alimentação low carb. A diminuição dos carboidratos e o aumento do consumo de proteínas e gorduras traz uma maior sensação de saciedade após as refeições, com um número menor de calorias ingeridas, o que é o principal motivo desses hábitos alimentares serem eficientes no emagrecimento.

frango, salada e croutons na dieta low carb

No entanto, se deve ter cuidado para não restringir demais o consumo de carboidratos, pois a sua falta no organismo pode causar sintomas como insônia, fortes dores de cabeça, letargia, dificuldade em manter a concentração e a disposição em atividades diárias. Entretanto, aumentar a quantia de proteínas excessivamente com o intuito de suprir a redução de carboidratos pode causar o mau funcionamento do fígado e dos rins, além de poder contribuir para o desenvolvimento de osteoporose, diabetes e câncer.

Uma facilidade na dieta low carb em comparação com as dietas mais populares é que não é necessário fazer a contagem de calorias ingeridas por refeição, apenas de carboidratos, sendo indicado pela dieta que a quantia fique entre 70g a 100g diárias. Suas vertentes, como a dieta Atkins, dieta cetogênica, paleolítica e slow carb, apresentam variações nos tipos e quantidade de carboidratos a serem ingeridos.

Outros benefícios observados com o corte de carboidratos incluem a queda dos níveis de triglicerídeos, moléculas de gorduras presentes no sangue que podem indicar risco de doenças cardíacas, já que os carboidratos na forma de frutose são os principais causadores de sua elevação. O que também ajuda no problema é a melhora dos níveis de HDL (o “colesterol bom”), que é verificado pelo aumento do consumo de gordura presente na dieta low carb. Entretanto, todos os casos de pessoas que desejam por em prática esses hábitos alimentares devem possuir acompanhamento de nutricionistas, para que sejam feitas as adaptações e recomendações necessárias para cada tipo de organismo.


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife