bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Sábado, das 9h às 14h.

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação empresa CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Dieta Paleolítica

Durante a busca de métodos saudáveis de emagrecimento rápido é comum que as pessoas apostem em dietas ou formas de reeducação alimentar. Apesar de seu desenvolvimento não ser recente, a dieta paleolítica vem se popularizando pelos seus resultados rápidos e por não possuir tanta rigidez na sua manutenção.

Baseada nos hábitos alimentares rudimentares dos homens das cavernas, a dieta restringe o consumo de alimentos industrializados, grãos, leguminosas, cereais, óleos vegetais, além de frituras e carboidratos que não são de origem natural. Por ter sido a dieta do período anterior ao desenvolvimento da agricultura, tem sua base no que as pessoas poderiam caçar ou colher no período, como a carne de animais que se alimentam de pasto, peixes, frutos do mar, frutas, verduras, vegetais e oleaginosas.

Dieta paleolítica evita sobrecarga do organismo

Como não havia como cozinhar ou moer os alimentos naquele período, além de não existir cultivo de feijão, soja, arroz, milho e outros produtos semelhantes, as sementes, grãos e leguminosas não faziam parte das refeições humanas, o que prova que é recente a adaptação do nosso organismo para a ingestão desses itens. Com a dieta paleolítica, esses hábitos alimentares antigos são resgatados, como uma forma de evitar doenças geradas por reações do nosso corpo causadas pelo excesso de carboidratos, açucares e alimentos processados, presentes na alimentação contemporânea.

tubérculos, vegetais e frutas são alimentos da dieta paleolítica

As fontes de carboidratos permitidas na dieta são de origem natural, como tubérculos, vegetais e frutas, mas não devem ser consumidos em excesso, e no caso das frutas deve se dar preferência às menos doces, como morangos e peras. Não há restrições no consumo de carnes e gorduras saturadas naturais, mas é recomendado ter cuidados com exageros, pois os alimentos de origem animal são ricos em proteínas, que em quantidades muito maiores que as necessárias para o bom funcionamento do nosso corpo podem causar a diminuição do cálcio dos ossos, acidificação do sangue e até a sobrecarga dos rins.

Uma das vantagens proposta por esses novos hábitos alimentares em comparação com as dietas da moda é que não há a necessidade de realizar uma contagem de calorias que devem ser ingeridas diariamente. Entre os seus benefícios estão a restrição de alimentos que podem causar inflamações e alergias, o controle da glicose e insulina no sangue, maior sensação de saciedade ingerindo uma quantidade menor de calorias, além de melhorar a digestão e absorção dos alimentos.


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife